Equipe executiva do Comina reflete sobre a renovação da Paróquia

Posted on 21/05/2013

0



comina20052013A equipe executiva do Conselho Missionário Nacional (Comina), organismo instituído pela CNBB, para articular as forças missionárias da Igreja no Brasil, se reuniu nos dias 16 e 17 de maio, em Brasília (DF), para refletir sobre temas relacionados à Missão, em especial, a renovação da Paróquia.

Na ocasião, a Equipe se debruçou sobre o tema: “Comunidade de comunidades: uma nova Paróquia”, discutido na 51ª Assembleia geral da CNBB realizada em Aparecida (SP) no mês de abril, agora documento de estudo (Edições CNBB, 104). Irmã Maria Eugenia Lloris Aguado, membro da equipe de assessores do tema central da Assembleia da CNBB, apresentou o documento debatido pelos bispos e explicou que a finalidade é “suscitar reflexões, debates e revisões da prática pastoral” no intuito de iniciar um processo de construção da nova paróquia. “Mais do que elaborar um texto é preciso fazer uma verdadeira conversão pastoral o que implica sermos discípulos missionários, não para manter estruturas, mas para viver o Evangelho”, defendeu a assessora. “Trata-se de acreditar na proposta para que ela nos convença”, reforçou.

Para a Equipe Executiva do Comina, é importante trabalhar a dimensão missionária como um elemento constitutivo da comunidade. Padre Paulo Suess, assessor do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), defende que o texto não precisaria repetir as análises, mas mergulhar na realidade e ouvir as bases. Para o teólogo, o desafio é deixar as comunidades falarem sobre as estruturas “caducas” e sonhar com a nova paróquia. “A novidade da paróquia será a sua missionariedade como paróquia samaritana e advogada da justiça dos pobres. Essa missionariedade perpassa todos os planos pastorais, o livro caixa e a formação dos agentes”, destaca.

A formulação de um Diretório para a animação missionária da Igreja no Brasil foi outro tema discutido na reunião. O Comina decidiu elaborar um documento de trabalho a ser encaminhado aos regionais. O objetivo é reunir contribuições quanto à teologia da missão, o papel dos animadores, sua organização e articulação.

Na avaliação de dom Sergio Braschi, presidente da Comissão para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB e do Comina, “as reuniões do da Equipe Executiva são instrumentos de comunhão e reflexão. Iniciamos a nossa contribuição ao tema solicitado pela CNBB e partilhamos sobre vários acontecimentos missionários e compromissos futuros. Cada reunião do Comina nos enriquece mais para crescermos na comunhão entre os organismos que trabalham com a missão no Brasil”.

FONTE: CNBB

Anúncios